Livro - Volte ao lar

Este é um livro com cor de filigrana, perfume de chá e essência de manhã de luz, que convida para fora e compartilha as lágrimas quentes no travesseiro, derramadas por uma vida que faça sentido.

Um livro para toda mulher cansada de escolhas equivocadas, da loucura desses tempos - ruas apinhadas e corações vazios - e da distância que a separa de pessoas e lugares que ama.

Mas é também um livro para homens, destinado a que conheçam e amem profundamente suas companheiras e mães e feito para que mergulhem no universo feminino, sendo abraçados por ele.

Antes de cada um dos vinte capítulos, vinte mulheres nos conduzirão a uma peregrinação para dentro de suas alegrias e tristezas.

Este banquete, servido em cozinhas aquecidas, resgata simplicidade e tempo para saborear milagres, a partir de uma janela aberta à vida plena.

Cada lição virá questionar e destruir arquiteturas de engano que este mundo nos impôs e que nosso ego acatou ano após ano. E cada página nos dará a chance de desenhar um outro modo de viver.

Bem-vindos ao lar, ao farfalhar de asas de libélula, à gargalhada dos filhos, à visita no meio da tarde e ao calor há muito esquecido!

 

 

Depoimentos

 

Neide Sampaio

"Eu vivia um momento prolongado de conflitos, dúvidas, incertezas, desilusões...
O livro 'Volte ao lar... antes que o dia termine', foi um impacto tremendo na minha vida. 
No inicio da leitura, fui tomada por um sentimento de nostalgia e, junto com ele, veio tanto arrependimento, tanta dor!
Várias vezes interrompi a leitura, pois era impossível prosseguir, as lágrimas me embaçavam os olhos e um nó na garganta me arrancava o ar. Pensava em quanta coisa havia perdido, quanto sentimento havia deixado de cultivar em meu próprio jardim, quantos sonhos abortados, quanto amor desperdiçado, quanta vida jogada fora!
Foi nesse primeiro momento de dor que fui tomando consciência das coisas importantes que havia deixado morrer, meus relacionamentos estavam todos bem comprometidos, meus filhos, meus pais, meu marido e, principalmente, meu relacionamento com Deus.
Mas, é da desilusão e do desapontamento que nasce a esperança.
Então levantei, enxuguei o choro e decidi começar por voltar ao lar do meu Pai celestial!
Sim, eu ja havia recebido vários outros convites para voltar, com algumas críticas, outros com imposições, alguns cheios de julgamentos. Mas esse convite era algo feito com amor e ele muito se parecia com o chamado do próprio Cristo! Eu fechava os olhos e o podia ouvir... Esse chamado era irresistível, me gerava quebrantamento, alegria, choro, paz! Entao voltei..
Como diz a canção dos Arrais- 'Se tudo mudou, em Cristo eu sou mais do que sou, pra traz eu deixo o homem que fui e as casas que eu construí longe de ti... eu abro as velas da embarcação, na esperança que pela manhã, avistarei o porto onde te encontrarei... Confiando que o choro toma a noite, mas logo vem o dia e gritos de alegria ecoarão'...
Começei, então, a olhar as pessoas à minha volta com outros olhos, como se quisesse ler a alma, ouvir os sentimentos, interpretar os gestos e fui fazendo o exercício de encontrar beleza nos cenários e nos dias mais sombrios.
Minha casa hoje é um lar, onde meus filhos sabem o valor e a importância que têm. Ainda tenho muito que aprender e muita coisa pra consertar, porém ter voltado ao lar, ter voltado pra mim, pra Cristo e pra minha família, é algo que nao tenho como descrever. Obrigada por ser essa pessoa sensível à voz de Deus."

Tayana Tormena

Quando me vi sentada pela primeira vez em frente a um psiquiatra, meu coração chorou. E, ao entrar no carro com meu marido após a consulta, foram meus olhos que choraram. Mas tive forças para dizer: “Eu não preciso de remédio nem de terapia. Eu preciso de um tempo com Deus.” E foi o que fiz nos 10 dias seguintes.
Alguns dias antes eu havia recebido pelos Correios minha encomenda do livro “Volte ao lar... antes que o dia termine”. O título me atraiu. Na verdade, já havia um anseio dentro de mim de voltar ao lar. Eu só não sabia como fazê-lo.
E, nos dias que se seguiram, a leitura deliciosa desse livro me trouxe a amizade que eu precisava naquele momento. Mesmo sem me conhecer, eu me nomeei amiga da Andréa Faulhaber, dialogando com ela nos muitos sublinhados e anotações que fiz nas páginas do livro.
Reaprendi (ou aprendi mesmo!) a parar, acalmar a respiração, a não ter (tanta) pressa nos acontecimentos. A voltar a andar devagar, acompanhando os passos de meus filhinhos, e não mais querer mais que eles corram acompanhando os meus. A desejar com toda a força a ser uma mulher sábia, como ela disse, “não (d)aquelas que administram o próprio tempo, mas (d)as que ouvem o que Deus está dizendo sobre o tempo de cada coisa” (p.131).
E ainda tenho muito a aprender!
Cheguei ao final do livro com uma atitude inédita e inesperada. Já havia “dialogado” com alguns poucos livros antes. Mas esse foi o primeiro que me fez chorar. Chorar de verdade. Agradecida por ter lido aquelas palavras escritas para mim. Agradecida por ter aprendido tanto! E já com uma saudade da Andréa... Que fui procurar e conheci de verdade!! Ela, seu esposo querido e seus filhos doces!! E me senti em casa...
“Volte ao lar... antes que o dia termine” é um daqueles livros que não é para qualquer um. Você não vai entendê-lo se o ler de qualquer jeito, em qualquer momento. Você precisa parar, pegar uma xícara de café (ou chá, como eu), abrir o coração e se deleitar na conversa poética e acolhedora que terá com a autora. E mais: estar com os ouvidos bem atentos ao que o próprio Deus vai falar com você nas palavras de cada página.
Obrigada Andréa por me fazer voltar para me encontrar com você. Para me reencontrar comigo. Para me reencontrar com Deus...

Danilla Veloso

Mais do que um livro, uma companhia para os meus dias, uma voz que acalentava minha alma e deixava o coração bem quentinho. "Volte ao lar... antes que o dia termine" foi uma encomenda especial dada por Deus para o meu momento de vida. Um momento em que meu coração e minha razão me convidavam a fazer pausas - aquelas tão necessárias, mas facilmente dispensadas em meio a correria do dia a dia. Leia mais...
O retorno ao simples e ao que Deus valoriza me fascinam. E exatamente por isso, me apaixonei pelas histórias de cada capítulo.
Cada vida, cada mulher , cada história e cada detalhe narrado com tanta delicadeza me fizeram rever decisões e redefinir prioridades.
Andréa honrou seu compromisso e, como havia dito no início da leitura, o amor de Deus, de fato, se relevou e "assoprou aos nossos ouvidos quem devemos ser e o que precisamos buscar".
A Deus, muito obrigada por ter usado sua vida para falar aos nossos corações.
Espero ansiosamente por mais páginas como essas.

Regiane Mitsue

Estou lendo o livro com a vontade de que não acabe...
Que pessoa sensível...
Que pai iluminado!
Só tenho que agradecer por compartilhar as suas lindas palavras recheadas de espiritualidade, de gratidão e bom viver.

Priscila Vasconcelos

Comecei a ler o livro e quis compartilhar que os primeiros capítulos até agora, tem sido muita testificação de algumas coisas que Deus tem derramado em coração e outras que eu tenho derramado aos pés dele! Jesus abençoe grandemente!

Verônica Pequeno

Estou me encantando cada vez mais pelo o livro. Em cada capítulo, um convite a oração e um retorno a muitas reflexões.
Obrigada por esse resgate.

Pedro Roberto

Sei que Deus esta à frente deste lindo trabalho e confesso que toda a noite quando leio uma parte , me sinto revigorado e muitas vezes vejo a graça do Senhor sobre minha vida.
A presença dEle em sua história é muito viva e eficaz. O que vejo é que Deus escolheu este livro como ferramenta para alcançar vidas e famílias.

Geane Jersey

Amei ler o início do livro. Linguagem poética, que ativa memórias e traz uma reflexão profunda sobre este tempo que se chama hoje. Creio que edificará muitas mulheres para a Glória de Deus.

Alzily Montalvão

Estou lendo o lindo livro. Página 83. Tentando ir devagar, não quero terminá-lo! Sempre faço isso, quando amo um livro!
As linhas que me encantam e emocionam.

Celina Pereira

A introdução lembra o caráter sensível e espiritual da mulher, recorda  o jardim que para nós mulheres é o lar na infância ou a esperança de um lar feliz e a trajetória que nos leva para longe desse jardim. 
A experiência dos encontros da autora Andréa com algumas mulheres que vivem mais próximo do jardim do lar e do jardim de oração e com outras que tardaram demais a retornar precede as reflexões sobre a volta a um mundo mais simples e mais feliz.
A linguagem suave  nos leva por suaves histórias de mulheres e por reflexões inspiradoras.

 

Especificações técnicas
Título: Volte ao lar antes que o dia termine
Autor: Andréa Faulhaber
Nº de Páginas: 209
Formato: 14x21
Acabamento: Brochura
Edição:
Ano: 2020
Editora: Ágape
ISBN: 9788582161432

Resumo
  • Valor do Livro: R$ 39,90 19,90
  • Valor do frete: R$ 10,00
  • Prazo de entrega de 10 a 15 dias úteis.

*Preços de atacado, para livrarias ou grupos: fale conosco clicando AQUI

 

Leia o primeiro capítulo aqui