Deus como centro do seu relacionamento

Manter um relacionamento sem a beleza da presença de Deus é como caminhar em círculos.

Deus como centro do seu relacionamento

 

Poucas coisas são mais bonitas que um relacionamento repleto de harmonia e delicadeza, que transmita paz também para amigos, vizinhos e parentes.

A verdade é que quando Deus une duas pessoas, podemos sentir isso ao observá-las e conversarmos com elas. A beleza vai além do brilho no olhar, do toque cuidadoso, é alguma coisa que paira no ar. 

Se você e seu par, sonham com algo assim, há uma receita simples, mas frequentemente ignorada pelos casais nos tempos de hoje. 

Acostumados a pensar em tudo, homens e mulheres calculam os detalhes de encontros, cerimônias, casas e usam requinte de detalhes para suprir de beleza o romance. Porém, muitas vezes falta o básico: a fé compartilhada. 

Como casal, apropriem-se de uma verdade muito especial: Deus irá entrar antes de vocês em sua história, mas somente se derem a Ele a honra, se forem anfitriões de um encontro apaixonado que começa por Ele. A honra, ou o primeiro lugar, significa que vocês fazem quando acordam, quando tomam o seu café, quando estão namorando ou sonhando juntos, quando vão trabalhar e enquanto dormem. Comecem a exercitar isso em cada pequena coisa. 

Um ponto a ponderar antes de começarmos a refletir sobre esse texto: em todo o momento da vida no qual estivermos buscando resolver situações de nossos relacionamentos apenas por nossa conta, estaremos tentando ser o deus de nós mesmos. Portanto, precisamos aprender a atitude natural de oferecer a dianteira a Deus, algo que começa no universo individual de cada parceiro. 

Deus, como bom amigo, muitas vezes conversará com nossos corações. Se tivermos sabedoria, daremos a Ele a honra de entrar pelas portas na história de nossas famílias.

A promessa de Deus para os que priorizarem o relacionamento com Ele é abundante e único caminho de realização. O livro de Deuteronômio é um exemplo de como Deus permitirá aos casais (cabeças das famílias) entrarem em terras que manam leite e mel e terem uma vida deliciosa se lembrarem da aliança feita com Ele e de que foi o próprio Deus quem lhes deu tudo o que de bom possuem.

Quando pensa em você e seu par, você percebe que ambos estão completamente entregues à vontade de Deus? Ou será que um está vivendo a relação integral com Deus e o outro tem um pé em cada lado?

É preciso se pôr à disposição de Deus para que seu casamento e vida passem de relação especial a experiência transcendental.

E se nos entregarmos completamente à vontade de Deus? Será que, desse modo, os problemas desaparecerão? Não. Eles simplesmente deixarão de significar problemas, adquirindo o status de situações que são submetidas à vontade de um Deus que é perfeito. Terão sua dimensão reduzida a tal ponto que a paz em seu interior excederá seu próprio entendimento como parte de um casal e então, vocês verão por completo o verdadeiro sentido da vida a dois. Uma paz que muita gente busca em paisagens, músicas, vícios, conversas... e não encontra.

No dia em que priorizarem o amor de Deus em sua vida a dois, vocês verão uma multiplicação natural de afeto, bons amigos e momentos inesquecíveis. Serão tantas as singularidades para descrever que será impossível lembrar de todas elas - como um celeiro de bênçãos, a vida afetiva preenchida por Deus é o que as pessoas sonham, mesmo sem saber. Esta, sim, é a fórmula certa para aquele futuro cheio de música, bons sabores, diálogos frutíferos e realizações.

Se a paz no lar é o pressuposto para a felicidade na vida, considerem-se como as mãos que abrem as portas a um amigo gentil e amoroso. 

Jesus está batendo.

 

 

Veja também


Outra Forma de Abraço
Todos os dias Deus nos chama a tocar a alma alguém

 

Canteiro de Ervas
Em uma bela manhã de sol, tivemos uma ideia que viria perfumar dias inteiros

 

Cantinho do chá
Seu próprio refúgio pode estar ao alcance do olhar. Basta ter imaginação!

 

Casa em ordem: adote um cronograma de tarefas domésticas
Há quase quinze anos fomos abençoados com a presença de uma mulher que nos ajuda em casa.