Como viver uma vida mais simples

Queremos uma vida mais simples e pensar nisso já é, por si, reconfortante.

 

Simplicidade, porém, é mais que desapegar de coisas. Se fosse só isso, seria fácil.

Acima de tudo, uma vida simples depende de ter uma alma mais simples. Adianta muito pouco fazer faxinas permanentes e desapegar, se os sentimentos e pensamentos continuarem entulhados e o querer humano for o grande condutor da vida.

Podemos começar desapegando de planos, ideias, formas de controle e listas que tornamos imperativos que só nós enxergamos.

Existe, ainda, nosso orgulho. 

É o orgulho que nos impede de abandonar esquemas complicados de vida e manter o que nos afoga e sufoca, nos deixando longe da vida leve que tanto sonhamos. 

Pode ser que seu conjunto extra de panelas simbolize o seu orgulho por tê-lo comprado mais barato. Pode ser que aquele curso de neurolinguística nunca tenha sido essencial à sua formação humana, representando um item pouco relevante em seu currículo. Pode ser que a casa cheia de objetos signifique um ícone de vaidade frente a seus parentes. 

E assim, a simplicidade ganha outras conotações: voltar a ser simples, para quem adotou uma vida complicada demais pode significar abrir mão de muitas coisas e depositar sua confiança em Deus e seu foco nas relações e nos sonhos e não nas coisas. 

Eis a pergunta: o que Deus está dizendo a seu coração sobre o essencial em sua vida? É possível que seja algo que só você consegue perceber e que muitos outros venham a considerar loucura - como abrir mão de um posicionamento ou de uma relação tóxica. Talvez você conclua que assumiu para si responsabilidades que não eram suas e até mesmo formas de lazer que não o divertem mais. 

Alguns passos simples podem ajudar:

- Separe um tempo para pensar e avaliar sua vida. Vá anotando, fazendo uma lista de coisas que trazem peso e cujo significado seja limitado.

- Ore sobre isso. Escolha um lugar tranquilo e abra seu coração de forma natural. Peça a Deus que, em sua sabedoria, assuma o controle de sua vida, já que deseja um cotidiano mais simples e de significado mais profundo. Reconheça que, se você soubesse como fazer isso, já o teria feito.

- Espere alguns dias e esteja atento às respostas interiores e sinais externos de que as coisas estão acontecendo ou sinalizando a mudança. 
- Verifique se vem guardando, ao longo do tempo, objetos e papéis que não tem real valor para você e sua família e que representam mais uma obrigação ou um medo de desapegar de uma fase que passou. Sonde seus armários e guarda-roupas em busca de tudo o que não use, não ouça, não veja e não aprecie na atualidade. Decida o que vale mais para você: coisas como um aparelho com manual de instruções complicado ou a liberdade de alugar quando precisar desse mesmo aparelho. 
- Analise suas relações e garanta que não esteja mantendo lealdade a círculos que se tornaram viciosos e que não fazem mais sentido para ambas as partes. Muitas vezes não é uma questão de abandonar pessoas, mas de dar mais tempo e espaço aos relacionamentos corretos. 
- Tome coragem para trocar de estilo, de casa, de carro se isso representar mais paz interior e finanças equilibradas para você e sua família.
- Estude sobre as vidas de pessoas que encontraram conforto na simplicidade e procure perceber do que abriram mão por uma felicidade maior. 
- Defina uma escolha de simplicidade por vez. Uma vida mais simples é uma espécie de conquista artesanal que leva algum tempo.

Ao passar em revista sua vida poderá perceber, por exemplo, que tem deixado de visitar amigos preciosos para dedicar tempo a redes sociais; que nunca mais cozinhou pratos que ama porque espera comprar ingredientes caros e fora do seu alcance. Poderá notar muitas coisas que estão fora do lugar. 

Porém, o mais importante é sair da inércia, do estado letárgico que rouba a sensibilidade e o desejo por uma vida melhor.

Enfim... a simplicidade é um caminho que começa no coração de Deus e passa pelo seu - comece a busca!

 

 

Veja também


Outra Forma de Abraço
Todos os dias Deus nos chama a tocar a alma alguém

 

Canteiro de Ervas
Em uma bela manhã de sol, tivemos uma ideia que viria perfumar dias inteiros

 

Cantinho do chá
Seu próprio refúgio pode estar ao alcance do olhar. Basta ter imaginação!

 

Casa em ordem: adote um cronograma de tarefas domésticas
Há quase quinze anos fomos abençoados com a presença de uma mulher que nos ajuda em casa.